feat0

Mapa interativo

Encontre clínicas, médicos e lojas especializadas perto de você. Participe dando sua opinião e ajudando a construir nosso mapa da recuperação!

Saiba mais
feat2

Compartilhe!

Conte sua história! Ela vai ajudar muitas pessoas.

Saiba mais
feat3

Blogs parceiros

Nossa lista de blogs parceiros vai te ajudar a se recuperar! Blogs de superação, exemplos, ferramentas!

Saiba mais
feat4

Veja as dicas!

Veja as dicas de quem se recuperou. Elas podem te ajudar a se recuperar de forma mais rápida!

Saiba mais
feat5

Anuncie Aqui

Referência em traumatologia. Pessoas procurando informações e locais para tratamento! Estamos na 1ª página de pesquisas do Google*[Busca específica no tema].

Saiba mais

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Planejamento Hospitalar



Toda organização precisa na sua raiz uma equipe de planejamento qualificada e focada em objetivos que atendam a organização como um todo.
O atendimento ao cliente no prazo estipulado com a qualidade desejada é umas das chaves de sucesso para que se mantenha a frente dos concorrentes.
Mas diante de um hospital como você imaginaria que é o planejamento do mesmo, ali os prazos são mais curtos, os riscos são maiores e as consequências dos erros nunca podem ser deixadas sem explicações pois cuida-se de vidas que não podem ser quantificadas através de valores monetários.Deveríamos então trabalhar nas organizações como trabalhamos em um hospital?Certamente as chances de cometermos um erro reduziria em muito.
Porém dentro de um hospital os sentimentos se afloram com maior frequência do que em uma organização comum, mas se deixar levar por esses sentimentos não faz parte do currículo de um profissional da área, mas fica guardado para quando necessário seu uso, sou prova disso...
Ao sair do hospital levei um susto na quantidade de papeis que se acumularam sobre a minha vida de paciente nos 25 dias que estive internado, tudo , simplesmente tudo era anotado e revisado,no total foram cerca de 200 paginas com letras miúdas!
ü O dia começava as 07:00 com um café da manhã devidamente preparado pois minha dieta foi alterada 2 vezes durante do 25 dias....almoço , café da tarde, jantar e ceia nunca atrasavam!
ü As 08:00 os utensílios para o banho eram deixados no quarto, por voltas das 8:30 e 09:00 o banho era iniciado com 4 ajudantes, durava cerca de 40 min. quando no estado de acamado.
ü O soro não podia acabar pois causava entupimento das veias o que necessitava de nova abertura e procura de uma nova veia, lembro de 3 vezes em que este problema ocorreu mais por minha culpa do que do hospital!Mas foi possível a desobstrução da veia...
ü No inicio além do soro no braço, tinha ainda medicação em outro braço e do soro da irrigação da sonda urinária, já eram 4 pontos para serem acompanhados, dia antes da cirurgia 5, pois tinha um outro ponto com o sangue doado, no total 2 bolsas.Os momentos anteriores a cirurgia eram monitorados a cada 2 horas, pressão arterial, batimentos e temperatura do corpo.
ü Medicação ,lembro que todos os dias necessitava de injeção contra trombose, medicação com sulfato ferroso, medicação pra dormir, medicação para dor( Tramal ).Usei por 2 dias o PCA (Analgesia Controlada de Paciente ), mais uns 2 ous 3 medicamentos diariamente.
ü A fisioterapia 2x ao dia não poderia interromper os horários de medicamentos.
ü A quantidade de vezes que erraram minha veia durante os 25 dias = 1 única vez e doeu muito!
Isso que o meu caso era simples perto de tantos outros que estavam no hospital!
Pessoas capacitadas e comprometidas fazem parte da equipe e isso em qualquer área faz a diferença!
Enfim, tudo era muito bem controlado e verificado, afinal não poderia haver erros!
O livro abaixo relata melhor o que eu escrevi aqui...


Do Planejamento ao Controle de Gestão Hospitalar - Col. Gestão Hospitalar - Valdir Ribeiro Borba - Editora Qualitymark

Um comentário:

  1. Kamila Zanin Mizael17 de junho de 2010 11:05

    Fala Giovane! Como tem passado? Deve estar assistindo a todos os jogos. Só acompanho pela mega rápida internet aqui da firma...

    É legar ver que vc não tem se acomodado. Parabéns pela garra!
    Achei engraçado o post sobre o pessoal da missa...hehehe...eu me lembro quando tava grávida da Giovanna e peguei um ônibus. Foi estranho quando uma senhora levantou pra me dar lugar pra sentar!
    No mais, tudo na mesma por aqui. Trocamos de lugar com a Controladoria, logística agora fica aqui no prédio onde era a sala de compras. Inclusive o pessoal da Ormec...

    Força e coragem! vai dar tudo certo na próxima cirurgia!

    Abraços,
    Kamila

    ResponderExcluir

Obrigado!