feat0

Mapa interativo

Encontre clínicas, médicos e lojas especializadas perto de você. Participe dando sua opinião e ajudando a construir nosso mapa da recuperação!

Saiba mais
feat2

Compartilhe!

Conte sua história! Ela vai ajudar muitas pessoas.

Saiba mais
feat3

Blogs parceiros

Nossa lista de blogs parceiros vai te ajudar a se recuperar! Blogs de superação, exemplos, ferramentas!

Saiba mais
feat4

Veja as dicas!

Veja as dicas de quem se recuperou. Elas podem te ajudar a se recuperar de forma mais rápida!

Saiba mais
feat5

Anuncie Aqui

Referência em traumatologia. Pessoas procurando informações e locais para tratamento! Estamos na 1ª página de pesquisas do Google*[Busca específica no tema].

Saiba mais

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dúvidas

Fico muito contente quando recebo pessoas com dúvidas me procurando, infelizmente não posso sanar todas, mas  tento responder todas.

Resolvi criar este tópico para tentar sanar algumas dúvidas, inicio pelas mais frequentes dos meus leitores.
Vou atualizando sempre que possível.

Pode me escrever, aqui é somente mais um post do blog!


Você é médico ?
Não, fui paciente.

Como foram suas fraturas ?
Veja a página sobre isso - http://euvoumerecuperar.blogspot.com/p/blog-page.html

Teve fratura exposta ?
Não.

Fez enxerto ?
Não foi necessário.

Usou fixador externo ?
Não

Quanto tempo levou para voltar a andar ?
Levei 7 meses, se fosse somente o quadril e fêmur seriam 4, mas também tive ruptura de ligamentos em um dos joelhos - LCP ( ligamento cruzado posterior ), menisco e lateral.
Isso depende de cada caso, da equipe médica, de sua força de vontade e disciplina.

Quanto tempo leva para flexionar o joelho novamente em 90º ?
Depende de você e de sua equipe de fisioterapia, com 10 sessões evolui muito, mas 90º demora um pouco mais e adianto, vai ser doloroso! Mas é inevitável.

Fazia Fisioterapia ?
Sim, todos os dias de 1 a 3 horas diárias.

Quando iniciou a fisio ?
2 dias depois do acidente antes mesmo da grande cirurgia do quadril. Iniciar por braços e respiração.

Fazia Hidroterapia ?
Sim 2 horas por semana no inicio e 1 hora diária durante um mês no final da recuperação.

Você é considerado deficiente ?
Não sei, não procurei saber, mas creio que sim.

Você pode voltar a praticar atividades físicas ?
De impacto não, somente as leves.

Que medicamentos você tomou ?
Celebra para dores, composto para cartilagem.
Não tomei remédio para calcificação.

Você ainda sente dor ?
A dor para um fraturado pode ser chamada de sua "melhor amiga", sempre estará com você. Tenha uma convivência calma com ela, cautela e acima de tudo superação.


Terá complicações no futuro ?
Muito difícil afirmar, tudo depende de uma boa qualidade de vida.

Faria tudo de novo ?
Não vou responder....hehe

9 comentários:

  1. Olá no dia 20/05/2010 sofri um acidente de moto e quebrei o fêmur, coloquei haste e 3 parafusos, fiz fisioterapia, andei de muletas por uns dois meses e só que tinha um problema minha perna nunca desinchava, sempre bem inchadona, e o médico sempre dizendo que era normal, até que em novembro voltei nele, e e o mesmo então me pediu uma ultrassom, a fiz e o resultado foi que tinha presença de muito liquido,levei e ele disse que era normal ainda, isso já fazia 6 meses, e que o meu organismo absorveria, mais o mesmo não aconteceu, com o passar dos dias e meses, além do inchaço começou a queimar direto, e ainda podia andar pouco tempo pois queimava, foi então q voltei nele e o mesmo me pediu uma ressonancia eu a fiz e deu que eu estava com bursite trocantérica, fiz infiltrações mais não passava a dor só piorava, ele marcou uma cirurgia, foi então que dia 03/05/2011 fiz outra cirurgia ele retirou os 3 parafusos e a bursa total, disse ele para n haver mais problemas, tomei remédios para dor depois de 10 dias tirei os pontos, e a perna sempre inchadona de novo, mais fazia pouco tempo, fui no retorno e ele disse que o inchaço de novo era normal, pelo tempo da cirurgia achei que era, então com o passar dos dias a queimação voltou, e o inchaço de novo aumentou, resolvi procurar outro médico o mesmo me pediu uma ultrassom, fiz a mesma e novamente aquele liquido já havia formado em menos de 3 meses de cirurgia, agora vou fazer uma pulsão para mandar o liquido para análise, pq ele acha que pode ser uma bacteria que se instala na haste, que pode ou nao se tratada com antibioticos ou que tem q retirar a mesma,que o médico não a tirou na cirurgia pq disse q não causaria danos,sabe me informar alguma coisa sobre essa bactéria e se poderia ser ela desde do inicio?? OBS: também estou com o menisco do joelho lesado do acidente e esta marcada a cirurgia para novembro. Obrigado!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    Pesquisando sobre fratura de Femur, achei esse blog e me interessei muito, meu nome é Flávia meu esposo sofreu uma fratura de femur esquerdo em Maio/2011, passou por uma cirurgia depois de um dia do acidente, colacando haste interna e seis parafurosmuito complicada teve muita perda de sange ficou anemico no pior grau, e dignostico de trambose, a recupeção foi bem complicada tbm pois ele teve pseudartrose, o osso nao calcifiva, o medico deu um prazo de 1 mes (ele estava no 5° mes), para calcificação, senão teriam que fazer uma nova cirurgia para a retirada de dois parafusos para a colagem do osso. Nesse periodo de um mes ele sentiu muita dor, que tivemos que passar por medicamentos fortes novamente, qnd voltamos ao medico especialista com o raio x, foi verificado que os parafusos tinha dinamizados(quebraram sozinhos dentro dele), e com isso o osso passou a colar, só que depois disso ele passou a setir dificuldade a andar, sempre queixando de estar com a perna mais curta do q a outra.
    Como fazemos mensalmento o acompanhamento medico fomos ao medico e fizemos o exame de medição, foi comprovado que ele ficou com uma diferença de 2,75 de uma perna para outra, Fiquei muito triste, sou o tipo de pessoa que sempre parte para o lado positivo, ate por ele sempre ser muito ativo, academia, futebol, direção, e estar a quase 7 meses parado sem trabalhar, e em casa, tendo dar a maior força, ele voltou a treinar com td o acompanhamento de um fisioterapeuta, mas ainda assim vejo q ele fica muito triste por nao poder correr como antes, o médico solicitou um palmilha para ela e disse q vai ajudar muito no andar e até correr, Hoje retiro na ortopedia, que teri informações de pessoas que tiveram incurtamento de perna se usam palmilha como andar hoje, da pra ter uma vida normal na maneira do possivel??
    O medico disse que a quebra dos parafusos foi bom por um lado ele nao precisar passar por uma cirugia, mas por outra ruim pois a haste desceu e osso calcificou com incurtamento...
    Qnd ele sofreu o acidente, tinhamos 5 meses de casados, tivemos q mudar de casa(pois na nossa tinha escadas), sempre estive do lado dele, vejo q as vezes ele nega ir a lugares pois diz q nao vai conseguir ir, eu forço e fasso ele se sentir como antes, acho q conta muito, afinal sei o emocional e psicologico conta muito em um recuperação. Gostei muito do blog, queria informação de quem teve incurtamento tb, Obrigada desde já....

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    O líquido realmente é uma parte de atenção, lembro que no meu caso "jorrava" pelos furos que devem ficar abertos [ dependendo do procedimento ] realmente para este fim, pois a cicatrização é de dentro para fora. Quanto a bactéria creio que fica muito difícil ter certeza que ela estava alojada desde o inicio, somente o seu médico pra dizer, mas digo que já vi relatos de pessoas que superaram a tal bactéria!

    Força cara, td vai ficar bem!

    ResponderExcluir
  4. Olá Bom dia tive um acidente de bicicleta a 3 semanas. Fiquei no dia do acidente um bom tempo sem conseguir me levantar até passar um pouco a dor para eu ir para casa. Eu torci o meu joelho não podia nem esticar e nem dobrar a perna isso na primeira semana já tinha ido no médio mais aqui é ruim aonde eu to só na capital e é longe. Segunda semana tava um pouco melhor. Quando foi dormi me virei e ouvi um estralo doeu na hora mais parou e até ficou melhor consegui esticar a perna. Mais esta inchado e dói muito é não da para correr ando mancando até que foi passando um pouco a dor. Na 3 semana
    Melhorou mais um pouco mais esta inchada sem roxo sem marca. Estou mancando um pouco não consigo dobrar a perda mais do que 90º e dói quando faço isso, posso esticar a perna mais não igual a outra e dói quando forço para esticar. O inchaço seria água no joelho e que causa a dor e não posso dobrar por causa da lesão vi alguns sintomas e não tenho igual ao outros. O que poderia ser.

    att

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve procurar um especialista, você pode ter comprometido alguma estrutura ligamentar.

      Excluir
  5. ola gostaria de saber se existe alguem com meu problema...
    Sofri acidente de moto em setembro de 2013 fraturei femur e tibia..ocorreu tudo bem, so que desde entao nao movimento nem sinto meu pe, na hora de colocar no lugar meu Femur, deve ter comprometido meu nervo ciatico ..alguem pode me ajudar? se vou poder sentir meu pe novamente???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc deve procurar um especialista na parte neuro também.

      Excluir
  6. Meu esposo fraturou o femur em março e no mes passado depois da cirugia ter cicatrizado, abriu um furo e começou a sair uma secreção com pus, fomos ao ortopedista e fomos informados teriamos que tratar com medicação por 14 dias e provavelmente teriamos de fazer a retirada da platina, apos os 14 dias retornamos e havia cicatrizado, o Dr. informou poderia voltar a ocorrer mais iriamos acompanhar e caso voltasse o mesmo quadro iria interna-lo para retirada da platina pois segundo o mesmo o osso ja havia calcificado.
    O quadro da secreção retornou e meu esposo voltou ao medico hoje e foi atendido por outro medico mas da mesma equipe, e foi informado que so poderia retirar a platina depois de 1 ano e que não poderia prescrever medicaçaõ pois não iria resolver o problema, e que meu esposo sentisse dor ou piorasse deveria procurar o pronto socorro e liberou meu esposo para trabalhar.
    Estou muito preocupada, pode me orientar por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure outros médicos e peça opiniões diferentes.

      Excluir

Obrigado!