feat0

Mapa interativo

Encontre clínicas, médicos e lojas especializadas perto de você. Participe dando sua opinião e ajudando a construir nosso mapa da recuperação!

Saiba mais
feat2

Compartilhe!

Conte sua história! Ela vai ajudar muitas pessoas.

Saiba mais
feat3

Blogs parceiros

Nossa lista de blogs parceiros vai te ajudar a se recuperar! Blogs de superação, exemplos, ferramentas!

Saiba mais
feat4

Veja as dicas!

Veja as dicas de quem se recuperou. Elas podem te ajudar a se recuperar de forma mais rápida!

Saiba mais
feat5

Anuncie Aqui

Referência em traumatologia. Pessoas procurando informações e locais para tratamento! Estamos na 1ª página de pesquisas do Google*[Busca específica no tema].

Saiba mais

domingo, 1 de junho de 2014

Respostas

Olá pessoal!

Todos os comentários e perguntas(eram mais de 150) foram respondidas.
Agora prometemos que vamos manter sempre em dia!
Boa recuperação!

www.euvoumerecuperar.com

5 comentários:

  1. Olá, vou contar minha história. Tenho 19 anos, no dia 04 de outubro do ano passado, sofri um acidente de moto quando voltava do trabalho. Batemos em uma carreta, e meu amigo que vinha pilotando morreu na hora. Fui encaminhado para Fortaleza-CE no mesmo dia...tive fratura no colo do femur, acetábulo, úmero e fratura exposta, todos no lado esquerdo. Primeiro operei o braço, e consegui recuperar os movimentos do mesmo ainda no hospital. A segunda cirurgia foi no femur, mas depois da cirurgia acabei perdendo o movimento e sensibilidade do pé esquerdo. Alguns dias depois, operei o acetábulo e fiquei em uma tração. 20 dias depois da cirurgia, um parafuso apareceu na cicatriz...já ia fazer 3 meses que eu estava internado, era quase natal e eu e minha mãe ficamos desesperados. Mas o doutor Robson Alves, nos visitou e tirou o parafuso ali mesmo, no leito e me liberou no dia seguinte(um dos dias mas felizes da minha vida). Chegando em casa, iniciei as sessões de fisioterapia e as coisas foram melhorando, um mês depois o doutor me liberou as muletas e 2 meses depois deixou eu colocar 15% do meu peso sobre a perna operada. Hoje, quase 9 meses depois do acidente, já tenho movimentos na minha perna e faço quase tudo sem depender dos outros...ainda não tem data para voltar andar, e não tenho movimentos no meu pé, mas já me sinto um vencedor e estou feliz. Tenho muitos sonhos para realizar, quero estudar, viajar...e no futuro me casar! nunca vou desistir, eu vou me recuperar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. História sensacional Yan! Isso mesmo desistir jamais! Parabéns!!!!

      Excluir
  2. Olá . Tenho 19 anos e Vai fazer um mês que fraturei o acetabulo,não precisei fazer cirurgia pois o médico disse que não havia desvio e qUE pela minha idade iria me recuperar rápido então ele recomendou o tratamento conservador .. ele pediu pra mim retornar em 3 semanas será que ele vai me liberar pra andar de amoleta ? Quanto tempo leva em média para o osso consolidar para mim poder andar sem amoleta ? Vou precisar fazer fisioterapia ou hidroterapia ?
    Obg Abraços !

    ResponderExcluir
  3. Olá vim aqui contar a minha história pra você que está nesse momento deitado na cama sem saber o que vai acontecer.
    Sou do rio de janeiro tenho 26 anos sofri um acidente feio de moto em maio de 2017.
    Tive fratura no fêmur direito, abertura de pelve (open book), fratura do pulso esquerdo e rompimento do ligamento dos dedos da mão esquerda .
    Fiquei internado 18 dias no hospital Albert em Realengo ( que por sinal excelente hospistal mesmo sendo público)
    Entrei no hospital com hemorragia interna, isso mesmo em estado grave com risco de vida, passei por três cirurgias todas com mais de 4 horas de operação.
    Duas bolsas de sangue.
    Muitas e muitas doses de dipirona e tramau.
    Foram dias horríveis sofri muito chorei muito achava que minha vida tinha acabou, só que não, tive muita fé e busquei passar esses dias com mais tempo sorrindo do que chorando.
    Isso me fez perceber que ganhei uma vida nova !
    Foram 18 dias deitado, necessidades, banho, alimentação, abraço na família, beijos na namorada tudo ali naquela cama, noites sem durmi.
    Sai do hospital sentado na cadeira de rodas e aquilo já era uma grande vitória pra mim.
    Achando que em casa seria melhor ?!
    Nada. Foi muito difícil tbem muitas dificuldades para banho e refeições
    Muita dor 24h por dia mãos imobilizadas era difícil até segurar o celular.
    No total já não tinha uma noite de sono há 48 dias muita preocupação e dor.
    Na volta no hospital liberam minhas maos, e vem a noticia que minha recuperação está otima.
    3 meses depois do acidente fui liberado pra andar de muletas ( era o dia mais feliz da minha vida hahaha)
    Hoje já com quase 7 meses e muita fisioterapia eu estou aqui a pesar de tudo e da gravidade.

    Hoje ainda sinto dores leves mas é normal.
    Ainda não voltei a trabalhar mas já faço caminhadas longas

    Você que está aí desesperado, triste, e com medo, nao fique assim porque todos nós que passamos por isso pensamos as mesmas coisas.
    Tenha fe, pense no quanto sua vida é importante, pense nas pessoas que gostam de você que tudo irá dar certo .

    E pare hoje de pesquisar coisas na internet sobre o assunto porq não vai te ajudar em nada, as pessoas só procuram a internet por desespero a maioria que está bem ou ficou bem não contam suas histórias
    Abraço e boa recuperação pra você
    Eu sei que dói e como mas vai passar e você vai dar valor a tudo !

    ResponderExcluir
  4. Olá vim aqui contar a minha história pra você que está nesse momento deitado na cama sem saber o que vai acontecer.
    Sou do rio de janeiro tenho 26 anos sofri um acidente feio de moto em maio de 2017.
    Tive fratura no fêmur direito, abertura de pelve (open book), fratura do pulso esquerdo e rompimento do ligamento dos dedos da mão esquerda .
    Fiquei internado 18 dias no hospital Albert em Realengo ( que por sinal excelente hospistal mesmo sendo público)
    Entrei no hospital com hemorragia interna, isso mesmo em estado grave com risco de vida, passei por três cirurgias todas com mais de 4 horas de operação.
    Duas bolsas de sangue.
    Muitas e muitas doses de dipirona e tramau.
    Foram dias horríveis sofri muito chorei muito achava que minha vida tinha acabou, só que não, tive muita fé e busquei passar esses dias com mais tempo sorrindo do que chorando.
    Isso me fez perceber que ganhei uma vida nova !
    Foram 18 dias deitado, necessidades, banho, alimentação, abraço na família, beijos na namorada tudo ali naquela cama, noites sem durmi.
    Sai do hospital sentado na cadeira de rodas e aquilo já era uma grande vitória pra mim.
    Achando que em casa seria melhor ?!
    Nada. Foi muito difícil tbem muitas dificuldades para banho e refeições
    Muita dor 24h por dia mãos imobilizadas era difícil até segurar o celular.
    No total já não tinha uma noite de sono há 48 dias muita preocupação e dor.
    Na volta no hospital liberam minhas maos, e vem a noticia que minha recuperação está otima.
    3 meses depois do acidente fui liberado pra andar de muletas ( era o dia mais feliz da minha vida hahaha)
    Hoje já com quase 7 meses e muita fisioterapia eu estou aqui a pesar de tudo e da gravidade.

    Hoje ainda sinto dores leves mas é normal.
    Ainda não voltei a trabalhar mas já faço caminhadas longas

    Você que está aí desesperado, triste, e com medo, nao fique assim porque todos nós que passamos por isso pensamos as mesmas coisas.
    Tenha fe, pense no quanto sua vida é importante, pense nas pessoas que gostam de você que tudo irá dar certo .

    E pare hoje de pesquisar coisas na internet sobre o assunto porq não vai te ajudar em nada, as pessoas só procuram a internet por desespero a maioria que está bem ou ficou bem não contam suas histórias
    Abraço e boa recuperação pra você
    Eu sei que dói e como mas vai passar e você vai dar valor a tudo !

    ResponderExcluir

Obrigado!