feat0

Mapa interativo

Encontre clínicas, médicos e lojas especializadas perto de você. Participe dando sua opinião e ajudando a construir nosso mapa da recuperação!

Saiba mais
feat2

Compartilhe!

Conte sua história! Ela vai ajudar muitas pessoas.

Saiba mais
feat3

Blogs parceiros

Nossa lista de blogs parceiros vai te ajudar a se recuperar! Blogs de superação, exemplos, ferramentas!

Saiba mais
feat4

Veja as dicas!

Veja as dicas de quem se recuperou. Elas podem te ajudar a se recuperar de forma mais rápida!

Saiba mais
feat5

Anuncie Aqui

Referência em traumatologia. Pessoas procurando informações e locais para tratamento! Estamos na 1ª página de pesquisas do Google*[Busca específica no tema].

Saiba mais

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Em recuperação...

Olá Giovane, muito obrigada pelo convite...
Parabéns pelo site e parabéns por tantas pessoas que através de seus depoimentos passam otimismo e esperança a todos...
Bom, vou contar um pouquinho da minha história...
Dia 01/06 fui a uma confraternização do pessoal da empresa no Kartódromo internacional de minha cidade... A primeira bateria de voltas foram as meninas, a maioria nunca havia corrido (inclusive eu).
Resultado? Na quinta volta uma das meninas desgovernou-se e veio na contra-mão. Como estava quase fazendo uma curva (nas curvas tem torres de pneus para proteção), eu não a vi, e nossos karts bateram de frente. A menina quebrou apenas um dedo da mão, mas eu quebrei os dois tornozelos. Não acreditei quando o médico me chamou para ver a radiografia e disse, num tom casual, como se estivesse explicando uma fórmula matemática: "Sua fratura foi muito séria, você quebrou o tornozelo esquerdo em vários pedaços, as fagulhas de ossos podem ter comprometido seu nervo, você terá que fazer cirurgia nas duas pernas, e ficara alguns meses na cadeira de rodas".
Minha cabeça mentalizava: não, isso foi uma luxação, engessa aí que eu quero ir embora hoje ainda. Foi difícil me acostumar com a idéia que um acidente tão idiota fosse causar tanto transtorno.
A cirurgia correu tudo bem, levei 9 dias para sair do hospital, não aguentava ficar sem a medicação. Mas depois que tive alta é que realmente percebi o quanto minha vida havia mudado.
Moro no quarto andar, um prédio de escadas. Por Deus tenho um noivo, e ele mora em casa com a mãe. Fui morar na casa dele, a entrada de escada teve que ser adaptada com rampas, uma amiga emprestou a cadeira de banho, a vizinha a cadeira de rodas, uma menina da igreja a bota para substituir o gesso.
Além de incomodar tantas pessoas, mudei totalmente a rotina da casa do meu noivo, afinal fico o dia todo em casa, e não posso ficar sozinha, pois nem ao banheiro consigo ir sozinha. Minha mãe passou vir todos os dias pra casa do meu noivo, ia embora de noitinha. Ou seja, um caos total!

Levou algum tempo para me acostumar, mas acredito que Deus tem um plano para todos nós. Ele me livrou da morte, para começar. O que são uns tornozelos quebrados se tenho o bem mais precioso, a vida? As vezes não entendemos os planos de Deus, e chegamos até a questioná-Lo. O problema é que nosso tempo não é o tempo Dele, e muitas coisas que não desejamos acontecem para nos ensinar alguma coisa.

As pessoas dizem: Ah, é fácil ser positiva no seu caso, são apenas alguns meses, e você sabe que vai voltar a andar. Confesso que não sei como me sentiria se não fosse voltar, pois a gente só sabe realmente quando acontece conosco. Mas algumas coisas jamais voltarão a ser as mesmas. Tenho 15 parafusos e 2 placas de platina no meu corpo, que inclusive são salientes, machucam. Eu amo usar salto, correr e fazer academia. Sãocoisas pequenas, mas fazem a diferença quando é com você. Não importa o que, ou o tamanho de suas limitações após um trauma. Importa como você o encara, e como passa a encarar a vida. E isso é com tudo, a vida é uma escolha: você escolhe se lamentar, ou levantar e seguir adiante. Eu acredito e vivo isso: olhar o copo pelo lado meio cheio. Coloco tudo nas mãos de Deus, e sei que Ele me cuidará. "nenhuma cruz é tão pesada que não possas carregá-la".


É isso. Hoje estou ótima, ainda na cadeira de rodas mas muito confiante. Faço os exercícios de fisioterapia com muito afinco e determinação, pois esta parte depende apenas de mim. Dói, muitas vezes saio de lá chorando, mas vai passar. Posso fazer levar um ano ou quatro meses, a escolha é minha.

Desejo força para todos, muita fé e persistência.


www.euvoumerecuperar.com

5 comentários:

  1. Gabi!

    Não precisa agradecer, certamente a partir deste depoimento você vai passar a ajudar muita gente!

    Você é exemplo de positivismo!!! Vai se preparando para avalanche de e-mails!!!

    A partir de hoje você faz parte da equipe!!!

    Parabéns!!!

    : )

    ResponderExcluir
  2. Ola Giovane estou aqui para fazer perguntas.Quebrei meu braço dia 20/4/12 fui para cirurgia e tudo mais , tive que colocar placa no anti-braço e ainda nao começei a fisioterapia mas estou com uma deformaçao no braço e gostaria de perguntar se eu voltar para a fisioterapia vou me recuperar.Pois depois do acidente perdi a vontade de fazer as coisas , sou jovem ainda tenho 15 anos e tenho vergonha do meu braço horivel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Foque em coisas boas! Td isso vai passar!

      A fisio e hidro são essenciais para uma recuperação com diferencial, certamente acelera o processo.

      Sequelas vão se tornar pequenas qdo isso td passar!

      Quero ver vc daqui algumas semanas dizendo que está bem melhor!

      Abraço e te espero!

      Excluir
  3. Olá! Estive olhando os comentários e me identifiquei muito com esse... Vi que já fazem anos a publicação. O site ainda está ativo?

    ResponderExcluir
  4. Oi meu nome é Erik fiquei emprecionado com sua determinação eu me acidentei de moto dia 01/07/16 faz 27 dias quebrei fêmur e tibea não foi fatura exposta um veículo pegou minha perna direita em cheio no momento me veio mil pensamentos se poderia andar se iria ficar bem mais Deus tá no comando tudo vai dar certo eu fis 4 cirurgias como perdi muito sangue nas cirurgias fiquei com anemia mais graças a Deus nos podemos andar agora estou em casa sem os pinos estou com hasteas na tibea de 4 parafusos e platinas no fêmur de 10 parafusos isso encomoda bastante tempo pra chuva da umas fisgadas mais temo que parar em pensar algo lá na frente poderia ser pior temos o mais importante a vida podemos tar de cama mais podemos ver pai mãe pessoas importantes eu agradeço todos os dias Deus me deu a vida de novo e quem passar por isso pensa positivo que tudo vai dar certo um grande abraço melhoras pra todos nós fiquem com Deus ...

    ResponderExcluir

Obrigado!